PRIVACIDADE NO JARDIM: COMO FAZER A ÁREA EXTERNA TER PRIVACIDADE?

Ter um jardim na sua casa com bastante verde, onde você possa relaxar e esquecer dos problemas do dia a dia, é realmente um privilégio para poucos, não é mesmo? No entanto, devido ao aumento populacional nas áreas urbanas, algumas construções atuais deixam a desejar em um quesito muito importante para o bem-estar dos moradores: o da privacidade.

Sentir-se sob o olhar de vizinhos ou transeuntes pode arruinar qualquer momento de descanso e lazer, fazendo com que não nos sintamos à vontade dentro da nossa própria casa. É por isso que investir em ações para preservar a privacidade no jardim do nosso lar é tão fundamental para a manutenção da nossa felicidade e tranquilidade.

Ficou curioso para saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura e descubra maneiras de impedir que sua intimidade seja violada dentro do jardim da sua casa!

Cercas vivas

Se você quer separar ambientes, valorizar passagens, manter a vista e, ainda assim, ter privacidade no jardim, a solução ideal é investir nas cercas vivas. Existem diversas opções de espécies, com diferentes alturas, cores e formas, atendendo perfeitamente às suas necessidades e gostos pessoais. Conheça, a seguir, duas espécies bastante utilizadas.

Bambus

Há vários subgrupos de bambus que podem compor sua cerca viva. O Bambu Imperial, por exemplo, tem um crescimento rápido e pode alcançar até 12 metros de altura. Já o Bambu Listrado traz um toque de irreverência para o ambiente, porque suas folhas são esverdeadas com listras esbranquiçadas, além de serem bastante compridas. Ele é consideravelmente menor do que o Imperial, já que pode atingir somente 4 metros e meio de altura.  

Há também o Bambu Múltiplas Folhas, que se diferencia das outras espécies porque permite que o proprietário pode suas folhas no formato que ele desejar!

Pingo de ouro

O arbusto com folhas de cor amarela vibrante tem um crescimento bastante rápido e precisa estar em um local com bastante exposição solar. Para que suas folhas não percam a tonalidade dourada, precisa ser podado constantemente; por isso, não é indicado para as cercas de baixa manutenção.

Cercas de madeira

Essas cercas certamente propiciam maior privacidade do que as cercas feitas de plantas, pois têm modelos completamente fechados e sem lacunas. Contudo, existem alguns exemplares no mercado que têm uma função mais decorativa e não tão protetiva. São as chamadas cercas vazadas, de treliça ou entrelaçadas.

Estas últimas dão um charme a mais ao seu jardim, servindo como decoração ou delimitação de ambiente, além de poderem ser pintadas e personalizadas da maneira como o cliente desejar!

Cortinas e toldos

As cortinas são super versáteis e dão um charme único a qualquer ambiente, além de estarem disponíveis em vários tipos de tecidos, cores e formatos. Para quem quer manter a privacidade, os modelos mais indicados para o fechamento da área externa são as cortinas e toldos rolô (ou de rolo), pois, além da privacidade, oferecem proteção contra os raios solares, ventos e respingos de chuva. 

Paredes de cimento

Construir um muro de cimento é, com certeza, a opção mais eficaz para garantir que os vizinhos não fiquem “xeretando” o que você faz ou deixa de fazer na sua área externa. Embora pareça sem graça, existem algumas opções para deixá-lo mais atrativo e contribuir para a decoração, como adorná-lo com vasos de flores ou plantas que cresçam verticalmente.

Vasos e jardineiras 

Se você está procurando uma solução temporária para obstruir a visão dos vizinhos sobre o seu jardim, distribuir vasos com plantas altas em volta do espaço é uma ótima ideia. A Palmeira-leque é uma espécie bastante utilizada, bem como a Suculenta e a Peperômia.

Com as técnicas mostradas neste post, percebemos que é possível manter a privacidade no jardim sem perder o estilo e a elegância na decoração da área externa da sua casa. Aposte em alguma dessas soluções e aproveite seu espaço de lazer com ainda mais tranquilidade! 

Gostou de saber dicas de como manter a privacidade no jardim? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro deste e de outros assuntos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: